Durante as diligências, com os suspeitos a polícia apreendeu dois carros roubados
Foto: Polícia Civil PR

Uma quadrilha de ladrões de bancos foi desarticulada pela Polícia Civil, através do Centro de Operações Policiais Especiais (Cope), na madrugada de sábado (3), após a prisão de quatro homens integrantes do bando. A operação, contou o apoio da Polícia Civil do Estado do Mato Grosso (MT), sendo desencadeada no bairro Capão Raso, no município de São José dos Pinhais e na cidade de Cuiabá (MT). 

Conforme investigações, Guilherme Aparecido da Silva, 34 anos, Eduardo Gomes, 29 anos, Everton Aparecido de Almeida Silva, 28 anos, e Josimar Gomes Amado, fazem parte de uma quadrilha voltada a roubo de agências bancárias. Todos são do Estado do Mato Grosso e vieram para Curitiba depois que escaparam de uma operação policial realizada em no estado. 

Publicidade

Durante as diligências, com os suspeitos a polícia apreendeu dois carros roubados – um HB20 azul e um Cobalt cinza – três armas de fogo, sendo um revólver calibre 38, uma espingarda calibre 12 e um fuzil 762 e um colete balístico, além de uma carteira de identidade e Carteira Nacional de Habilitação (CNH), ambas falsas. 

No porta-malas do Cobalt, a polícia localizou diversas ferramentas para realizar os arrombamentos como maçarico, lança térmica, macaco hidráulico, martelete, tubo de oxigênio, entre outros aparatos, bem como alguns documentos de vítimas. 

O Cope chegou até os suspeitos, depois que recebeu informações da Polícia Civil do Mato Grosso de que os suspeitos fugiram para Curitiba e que estariam cometendo diversos crimes pela capital e região. “Assim que o Cope foi notificado sobre os fatos, iniciamos um trabalho de inteligência e campo que resultou na localização dos suspeitos”, conta o delegado-titular do Cope, Rodrigo Brown.

Guilherme foi preso em um hotel situado em São José dos Pinhais, com ele a equipe de investigação apreendeu o HB20 azul, levado em assalto no último mês de maio, em Curitiba. O suspeito estava com uma CNH falsa e possuía um mandado de prisão em aberto em MT, pelo crime de roubo. 

Na sequência das investigações, os policiais localizaram uma residência no bairro Capão Raso, onde prenderam em flagrante Eduardo e Everton. Eduardo possuía uma identidade falsa e já tinha um mandado de prisão em aberto, também em MT, pelo crime de homicídio. Com a dupla a polícia apreendeu o Cobalt cinza – roubado no mês de abril, em Curitiba – e as ferramentas encontradas dentro do porta-malas do veículo. 

O quarto integrante da quadrilha inicialmente conseguiu fugir da polícia, retornando para o Estado do Mato Grosso, mas foi detido em flagrante na manhã desta segunda-feira (5), no aeroporto de Cuiabá. Com Josimar a equipe apreendeu uma maleta bloqueadora de sinal, áudio e vídeo.

QUADRILHA – Investigações constataram que o bando age sempre da mesma forma, quebrando as paredes das agências bancárias e abrindo os cofres com maçaricos e esmerilhadeira (máquina de corte). 

Todos responderão pelos crimes de formação de quadrilha, porte de arma de fogo de uso permitido e restrito, uso de documento falso, adulteração de sinal identificador de veículo automotor e receptação. As investigações seguem para apurar os eventuais crimes praticados pelos suspeitos.

Fonte: Polícia Civil PR
Foto: Polícia Civil PR

Publicidade

Foto: Polícia Civil PR





Deixe o seu comentário