A distribuição é feita gratuitamente

As Prefeituras de Itajaí, no Vale, de Biguaçu, na Grande Florianópolis, e de Balneário Camboriú, no Litoral Norte, já estão fazendo a distribuição da Ivermectina, um medicamento antiparasitário, para auxiliar na prevenção ao coronavírus. Em Itajaí a distribuição para a população começou no dia 7 de julho e em Biguaçu e Balneário Camboriú ocorreu nos dias seguintes.

De acordo com a administração, o objetivo é tratar 100 mil pessoas. Os moradores interessados em ter o tratamento são avaliados por médicos no Centroeventos da cidade.

O valor da compra em Biguaçu e Balneário Camboriú não foi detalhado. Além de Ivermectina, a prefeitura de Biguaçu anunciou também o uso de hidroxicloroquina no tratamento de coronavírus.

Já a prefeitura de Balneário Camboriú informou que além da Ivermectina, deve usar também Azitromicina, Vit D, e Zinco, “e outros medicamentos estarão disponíveis para toda população mediante prescrição médica”.

A prefeitura de Itajaí justificou o uso porque a Ivermectina tem sido utilizada em algumas unidades de saúde contra a SARS-Cov-2 e teria apresentado resultados positivos. Inclusive, é prescrito por alguns médicos no Centro de Triagem de Itajaí, que recebe pacientes com suspeita e com Covid-19. “Os médicos observaram significativa melhora em pacientes sintomáticos tratados com o remédio”, informou a prefeitura, que também menciona estudos que apontam a eficiência do medicamento como antiviral.

Já segundo a prefeitura de Biguaçu, os medicamentos só serão recomendados se os médicos avaliarem que os pacientes serão beneficiados. O morador da cidade que for usar algum dos medicamentos também vai precisar assinar um termo de consentimento.






Deixe o seu comentário