A polícia matou três suspeitos dos atentados
Foto: Dominic Lipinski/PA via AP

O número de mortos nos atentados de sábado na capital britânica subiu para sete, de acordo com a chefe da polícia de Londres.

Em conferência de imprensa, Cressida Dick, referiu que a polícia acredita que a situação está agora controlada, mas continua na zona um cordão de segurança.

A chefe da polícia anunciou ainda que as patrulhas vão ser reforçadas após os ataques.

Publicidade

No sábado à noite ocorreram pelo menos três incidentes em diferentes pontos de Londres: um atropelamento na London Bridge, apunhalamentos em Borough Market e um incidente em Vauxhall.

Os acontecimentos de London Bridge e Borough Market foram considerados atos de terrorismo, enquanto o de Vauxhall foi declarado não relacionado com as outras duas ocorrências.

Segundo o Serviço de Ambulâncias de Londres, 48 ficaram feridas nos atentados.

A primeira-ministra britânica, Theresa May, reunir-se-á hoje com o gabinete de crise.

Nas horas que se seguiram aos acontecimentos, as autoridades transmitiram uma recomendação para que as pessoas das zonas afetadas procurassem locais seguros, silenciassem os telemóveis e, apenas em caso de segurança, contactassem as autoridades.

Contactado pela Lusa, o Governo português afirmou estar a acompanhar os incidentes e desconhecia ainda se há portugueses entre as vítimas.





Deixe o seu comentário