08/02/2019

O Rio Branco entra em campo neste domingo para jogar a última partida da primeira fase do certame estadual de 2019. 

Com um time extremamente frágil, o Leão da Estradinha termina essa etapa da competição, independente do resultado deste último jogo, em último lugar em seu grupo. 

Adversários
Além de enfrentar o Foz neste domingo, o Rio Branco tem enfrentado ao longo desses anos um dos mais implacáveis oponentes: a sua equipe administrativa. 
Desde que Thiago Campos e seu 'grupo' assumiram o time, o Rio Branco só consegue enxergar o horizonte da decadência.

Vejamos:

- A instituição coleciona ações trabalhistas;

- Escândalo de venda de resultados;

- Jogadores que não querem jogar (viajar) por falta de pagamento;

- Boletins de ocorrência;

- Péssimas colocações nos estaduais ;

- Taxa de arbitragem atrasadas ;

E se tudo isso não bastasse, sua torcida apaixonada, vive o constrangimento de receber sempre em seu estádio a visita indesejável de um oficial de justiça. 
O nome de Thiago Campos e de seus sucessores foram nocivos para o clube. 
Campos assumiu provisoriamente o clube em 2013 e depois de uma manobra se efetivou como presidente em 2014 com o clube ainda saudável financeiramente. 
As contas do clube estavam em dia, tinha saldo positivo com R$ 40 mil reais em sua conta bancária que disponibilizava cheque especial e cartão corporativo para viajar.
O Rio Branco possuía limite de crédito e o estádio estava liberado para jogos.
Tudo isso acabou com a chegada de Campos e até hoje esses benefícios nunca foram recuperados.  

Rebaixamento 
O fantasma do rebaixamento tem acompanhado o clube desde então. 
O drama que vive sua torcida este ano é muito mais assustador. O Rio Branco até agora só conquistou 2 pontos e ainda desconhece o sabor da vitória. 

Nello
Pela primeira vez na história o clube tem um presidente que torce por um time adversário.O Paranista Nello Morlotti vai precisar muito que seu elenco (diminuto) lute com todas as forças para que na segunda-fase o Leão volte a rugir, caso contrário entrará para história como o principal vilão e inimigo da sua torcida. Se a recuperação acontecer, que Nello tenha bom senso para romper com tamanho lamaçal pelo qual conseguiu entrar.

Nota do autor :  O mico-leão-dourado está há muito tempo ameaçado de extinção




Deixe o seu comentário