Investimento em Matinhos e Pontal do Paraná fazem parte da segunda etapa do maior programa de saneamento do Litoral. O programa completo envolve R$ 250 milhões, construção de 29 estações elevatórias de esgoto, 500 mil metros de rede coletora e 25 mil ligações de esgoto.

O governo do estado entregou nesta quinta-feira (07.09) a segunda etapa das obras de ampliação da rede de coleta e tratamento do esgoto em Matinhos e Pontal do Paraná, no Litoral do Estado.

Foi inaugurado também uma das 29 novas estações elevatórias de esgoto que compõem o sistema. 

 A segunda etapa das obras, que faz parte do maior programa de saneamento já feito no Litoral, foi entregue três meses antes da previsão inicial.

As obras de esgoto nos dois municípios representam um investimento de R$ 250 milhões e envolvem a construção de 29 estações elevatórias de esgoto, 500 mil metros de rede coletora e 25 mil ligações de esgoto. A previsão é que tudo esteja pronto em julho de 2018. Na primeira etapa das obras, entregue em janeiro deste ano, 6 mil novas ligações de esgoto foram liberadas. Nesta etapa são 7,5 mil novas ligações. A previsão de entrega era dezembro, mas a construtora adiantou em três meses. 

Nas duas etapas das obras já são mais de 13,5 mil imóveis ligados à rede nos municípios de Pontal e Matinhos. 


Publicidade


Junto com as obras, Sanepar faz educação ambiental

De acordo com Glauco Machado Requião, diretor de Meio Ambiente e Ação Social da Sanepar, a companhia faz também um trabalho forte de educação ambiental em paralelo a realização das obras. Isso acontece em todas as obras da Sanepar. "Esse projeto é acompanhado por um trabalho de capacitação e educação ambiental junta à comunidade, falando sobre a importância de ligar a sua casa na rede de esgoto. Aqui no Paraná prevalece o respeito ao meio ambiente".

Em Matinhos e Pontal do Paraná estão sendo realizadas sensibilizações (importância de ligar o imóvel à rede de esgoto), orientações técnicas, vistorias e reuniões comunitárias. Nessas abordagens, a Sanepar orienta os moradores sobre como fazer a correta ligação de esgoto e a importância de ligar os imóveis à rede. No caso do Litoral, a Sanepar também promoveu 2 cursos de encanadores locais para capacitar a população dos dois municípios.

Em Matinhos foram feitas 1977 sensibilizações, 1475 orientações técnicas e 1749 vistorias. Além disso, foram realizadas no município 11 reuniões comunitárias que contaram com a participação de 665 pessoas. Em Pontal do Paraná o trabalho seguiu o mesmo padrão. Foram 1674 abordagens de sensibilização, 864 orientações técnicas, 794 vistorias e mais 9 reuniões comunitárias que reuniram 477 moradores locais.

Com AEN/PR



Informe Publicitário


Publicidade

Informe Publicitário


Deixe o seu comentário