Paranaguá adotará recomendação. Está mantida a vacinação dos demais públicos indicados pelo Plano Nacional de Imunização

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) encaminhou a Circular n.º 69/2021 informando a interrupção temporária da vacinação de gestantes e puérperas com a vacina contra a Covid-19, AstraZeneca/Oxford.

A Secretaria Municipal de Saúde adotará a medida. A vacinação de gestantes e puérperas com comorbidade deve continuar ocorrendo com as vacinas Sinovac/Butantan e Pfizer conforme a disponibilidade de doses que forem enviadas ao município.

Para a gestante ou puérpera receber a vacina, deverá confirmar a condição de risco (comorbidade) por meio de exames, receitas, relatório médico e prescrição médica.

Quanto as gestantes que já receberam a primeira dose da vacina, o Plano Nacional de Imunização (PNI) encaminhará orientações detalhadas por meio de Nota Técnica.

Jornalista: Flávia Adans/SECOM





Publicidade

Informe Publicitário


Deixe o seu comentário