A capela de Nossa Senhora das Mercês foi erguida pelos primeiros habitantes da província do estado
Foto: Juliana Leandro

Neste domingo, 24, a Paróquia Nossa Senhora dos Navegantes promoveu a 3ª edição da festa de Nossa Senhora das Mercês em Paranaguá. O evento contou com uma celebração especial na Ilha da Cotinga, em meio às ruínas da primeira igreja do estado do Paraná. Para chegar ao local, 365 degraus foram encarados por pelo menos 500 fiéis. A Prefeitura de Paranaguá garantiu todo o apoio ao evento religioso que é capaz de fomentar o turismo. 

“Nós estamos contentes com o resultado positivo deste evento. Paranaguá mais uma vez prova que é um importante centro de histórias”, comentou o prefeito Marcelo Roque. “A Igreja das Mercês será revitalizada e os trâmites já estão em andamento na Prefeitura”, completou. 

+ Leia também : Patrimônio Histórico: Solar dos Guimarães será restaurado em Paranaguá

Construída em 1677, sendo demolida em 1699, a capela foi reconstruída em 1993, sendo também reinaugurada em 25 de abril. Os fiéis e turistas se encantaram com a beleza que ora pôde ser desfrutada lá de cima. A natureza em sintonia com a fé, segundo eles, é uma perfeita combinação. 

Para o padre Binu Joseph, a união é o segredo da comunidade. “Para organizar a celebração, vários desafios devem ser vencidos. Mas, a união da comunidade supera tudo. Quero agradecer a Prefeitura de Paranaguá que colaborou conosco, principalmente na limpeza desta área”, finalizou. 

SECOM




Deixe o seu comentário