População deve manter o distanciamento social, uso de máscara e higienização das mãos

A vacinação contra a Covid-19 tem avançado em Paranaguá com a faixa etária em 23 anos, imunização dos grupos prioritários e aplicação da segunda dose, contudo ainda não é momento para relaxar com as medidas de prevenção.

“Sentimos que as pessoas estão mais confiantes após a vacinação e muitas infelizmente acham que não precisam mais se cuidar. Esse é um engano perigoso. Mesmo com uma parcela grande da população vacinada, precisamos manter as medidas de prevenção porque o vírus continua circulando entre nós”, salienta a superintendente de Vigilância em Saúde, Marianne Gomes.

A profissional lembra que realmente ocorreu diminuição no número de internamentos por Covid-19 no Hospital de Campanha sem registro de paciente nos últimos dias. A busca por consultas na Arena Albertina Salmon também caiu significativamente. “Estas são excelentes notícias e queremos que continue assim, mas para isso, é preciso a conscientização da população mantendo o uso de máscara, a higienização em especial das mãos e o distanciamento social”, ressalta.

Para Mariane Gomes é importante lembrar que mesmo com a abertura de alguns comércios que estavam fechados em virtude da pandemia, todas as medidas de prevenção decretadas devem ser mantidas. “Precisamos ter consciência e responsabilidade. Podemos sim, usufruir de espaços inclusive de lazer, mas com todos os cuidados determinados em decretos”, enfatiza a superintendente.

Segue os dados quanto a vacinação por faixa etária. É importante lembrar que este é um balanço total por idade dos vacinados, ou seja, não significa que todos receberam a vacina por faixa etária, também podem ter se vacinado por grupos prioritários como profissionais da educação, comorbidades, deficiência permanente, trabalhadores portuários, caminhoneiros, entre outros grupos.

SECOM/Jornalista: Flávia Adans





Publicidade

Informe Publicitário


Deixe o seu comentário