Espaço foi entregue pelo Prefeito Marcelo Roque e o TCP, após contrapartida
PMP

O Horto Florestal Municipal da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma) está de cara nova. É que uma parceria da Prefeitura de Paranaguá com o Terminal de Contêineres de Paranaguá (TCP) revitalizou o espaço que é conhecido por ser um viveiro de plantio de mudas. 

“Nossa empresa reconhece o meio ambiente como parte integrante da política empresarial, por isso fizemos a aplicação direta do conceito de desenvolvimento sustentável”, contou o gerente ambiental do TCP, Luiz Carlos Narok. 

O investimento promovido pela TCP levou dois meses para a conclusão, pois, foi realizada uma reforma estrutural no ambiente, passando de armação em canos de PVC para estrutura metálica. Além disso, foi feita a construção de passagem em paver, e foram instalados dois portões metálicos. A reforma estrutural ainda contemplou a instalação de três linhas de irrigação com 2 compressores cada. 

O secretário de meio ambiente, Vinicíus Yugi Yigashi, disse que a medida da TCP foi uma contrapartida solicitada pela Semma na concessão da Anuência Ambiental para as obras de expansão do cais e da área de retroporto. “A produção de mudas vai aumentar e com desta forma, os impactos emitidos pelo gás carbônico tendem a diminuir”, explicou. 

O prefeito Marcelo Roque parabenizou a atutide da empresa. “Que isso sirva de exemplo para outras empresas de Paranaguá. O TCP possuí R$ 21 milhões em medidas compensatórias, por isso, outras novidades virão. Queremos uma cidade melhor para todos e ter um desenvolvimento sempre sustentável”, comentou. 

O vereador Thiago Kutz destacou as atividades oferecidas pela Prefeitura no espaço. Para ele, o viveiro é uma importante ferramenta que fomenta a produção de maiores mudas. O seu Olegário, funcionário público há mais de mais 30 anos, é o responsável pelas plantas na Semma. Ele foi homenageado por ser destaque na função que exerce com dedicação. “Sou apaixonado pelo meu trabalho e tenho o hábito de plantar desde criança. Eu só sei lidar com à terra e com o meio ambiente. Estou contente com o novo viveiro”, finalizou.

SECOM




Deixe o seu comentário