Os serviços estão na fase de recuperação das estacas com 70% desenvolvido
SECOM

O trabalho de recuperação da estrutura da passarela “Antonio José Sant’Anna Lobo Neto” começou em junho a cargo da empresa Fator 3 Engenharia e Consultoria Ltda. A obra prevê o reforço das estacas de fundação, num trabalho subaquático, a recuperação do contrapiso da laje, limpeza e pintura de toda a passarela.

O serviço começou com a limpeza das estacas e recuperação estrutural das estacas de função com tratamento até a ferragem e recomposição com concretagem. Todo o trabalho conta com apoio de uma equipe náutica. O engenheiro civil e fiscal da obra, Paulo Emanuel do Nascimento Júnior explica como o serviço está sendo realizado.

“É um serviço demorado, feito 100% de forma manual sem a possibilidade de colocarmos maquinário para este trabalho. Temos uma embarcação com uma equipe de oito pessoas, sendo quatro mergulhadores, um grupo de bordo e outro em terra que realizam a recuperação durante o dia”, comenta o fiscal e ainda lembra que todo trabalho desta natureza depende de fatores externos. “É importante dizer que estamos dentro do cronograma estabelecido, mesmo com as dificuldades já esperadas como a temperatura do dia, chuvas e as marés. Durante a cheia os trabalhos ficam mais lentos por conta da corrente”, esclarece.

A passarela é usada para passagem dos moradores da Ilha dos Valadares até o continente e vice-versa. De acordo com informações, há 18 anos a estrutura da passarela para a Ilha dos Valadares não recebia uma reforma desse nível. Daí a importância da obra, que será feita em duas etapas. A primeira, o reforço da parte subaquática, e a segunda fase contemplando o reforço total, limpeza e pintura. O investimento na obra é de R$ 1.108.781,81.

Trata-se de um serviço complexo que precisa de tempo para garantir a segurança dos usuários da passarela. O secretário municipal de Obras Públicas, Maickol Amarante, comenta que os serviços estão sendo realizado de acordo com o projeto e por uma empresa com experiência na área.

“A empresa vencedora da licitação tem 12 anos de experiência no mercado, estamos com 70% da recuperação das estacas. Todo o trabalho é feito com produtos de qualidade e de uso adequado para este tipo de serviço incluindo o tratamento das ferragens e recomposição das estacas, tudo de acordo com o projeto inicial”, comenta o secretário municipal de Obras Públicas, Maickol Amarante.

Na tarde desta quinta-feira, 9, o prefeito Marcelo Roque esteve acompanhando as obras junto com o secretário municipal de Obras Públicas, Maickol Amarante e do engenheiro civil da prefeitura, Paulo Emanuel do Nascimento Júnior.

SECOM





Deixe o seu comentário