A turma conta com 32 GCMs que participam da qualificação
PMP

Ao todo, 32 guardas civis municipais (GCMs), sendo 30 de Paranaguá e dois de Mandirituba - que participam através de colaboração técnica -, estão recebendo curso exigido para porte de arma de fogo. Márcio Feliciano, comandante da Academia de Formação, ensino e Capacitação da Guarda Civil Municipal de Paranaguá destacou a importância da formação. “Esse curso é muito importante já que é algo obrigatório para liberação do porte de arma para os GCMs. Hoje um determinado número de guardas já utilizam a pistola e para que os demais também possam portar o equipamento é necessário passar por uma capacitação de 160 horas que envolve prática e teoria”, informou.

Nesta quinta-feira, 11, os 32 GCMs participaram do segundo dia de curso. “Após essas 160 horas, passamos para outra parte de extensão para calibre 12, o que leva mais 60 horas de curso. A guarda hoje conta com 317 componentes e desses 31 são armados. O prefeito Marcelo Roque nos deu um prazo de ação de até um ano e meio para armar todos os demais. A cada turma que se encerra, outra inicia”, observou.


Publicidade


Para o comandante, essa oportunidade de maior segurança para a população. “Hoje a Guarda Civil de Paranaguá é a terceira em efetivo no Paraná, perdendo apenas para Curitiba e Londrina onde quantidade de habitantes é bem mais expressivo. Nosso município com esse efetivo armado terá uma segurança forte para atender a população”, garantiu.

O secretário municipal de Segurança, João Carlos Silva salientou a importância de toda a guarda civil municipal possuir porte de arma. "A gestão do Prefeito Marcelo Roque tem investido na segurança do município com aquisição de novas viaturas, coletes para os guardas municipais, capacitações e agora com esse curso, investindo também no armamento da corporação, na capacitação dos GCMs. Com isso visa melhorar ainda mais a segurança no município de Paranaguá", avaliou.

O prefeito Marcelo Roque agradeceu o apoio do sargento do Exército, Caetano e dos guardas municipais Torres e  Gelinski, além do policial civil aposentado, José Roberto Ribeiro pela manutenção em 20 revólveres e espingarda calibre 12 para a Secretaria Municipal de Segurança. "Em 10 de outubro, no dia do Guarda Municipal, teve início o 1.° curso de formação de operadores de pistola, revólver e espingarda calibre 12, na Academia de Formação da Guarda Civil Municipal de Paranaguá. São 30 Guardas que farão o curso na forma de colaboração técnica. São mais 30 Guardas armados que serão utilizados na segurança do município de Paranaguá", ressaltou. O armamento estava em poder do 9.º Batalhão de Polícia Militar desde 2013.

SECOM

Publicidade


Deixe o seu comentário