Quem também foi agraciada com o benefício foi Anna Carolina Jatobá, condenada a 26 anos e oito meses pela morte de Isabella Nardoni
© Reprodução

Na manhã desta quarta-feira (11), Suzane von Richthofen, condenada a 39 anos de prisão pela morte dos pais em outubro de 2002, deixou a penitenciária feminina de Tremembé, no interior de São Paulo para passa o ferida de Nossa Senhora Aparecida longe da unidade prisional. O retorno à prisão será na próxima semana.


Publicidade


A liberação de Suzane, que cumpre a pena em regime semi-aberto, aconteceu graças ao bom comportamento na cadeia, relatou o UOL. Ela já havia saído no Dia das Mães. Nessa data comemorativa, depois de fornecer o endereço errado onde ficaria, a presa chegou a perder o direito concedido na época. A defesa de Suzane, prontamente, entrou com uma ação e afirmou que a cliente não agiu de má-fé. A juíza Sueli Zeraik acatou o pedido.

Quem também foi beneficiada com a possibilidade de deixar a prisão neste feriado foi Anna Carolina Jatobá, condenada a 26 anos e oito meses pela morte de Isabella Nardoni. Ela foi agraciada com a saída temporária de Dia das Crianças. Essa será a primeira vez que a detenta deixa a penitenciária de Tremembé, no interior de São Paulo, a mesma onde está Suzane.

Das Agências

Publicidade


Deixe o seu comentário