Erro de embalagem leva à suspensão de medicamentos

AAnvisa suspendeu lotes dos medicamentos Ípsilon, Sinot e Furosemida. Os produtos tiveram lotes recolhidos por conta de problemas na embalagem, que poderiam levar a erro no tratamento, mas são autorizados pela agência de vigilância sanitária. As suspensões foram publicadas na terça-feira (6).

Ípsilon

Fabricado pela empresa Zydus Nikkho Farmacêutica Ltda, o medicamento Ípsilon solução injetável teve o lote 6112323, com validade até 11/2018, suspenso por erro na embalagem. Frascos do Ipsilon 4g foram embalados em cartuchos do medicamento Ipsilon 1g.

A decisão foi publicada na RE Nº 536, de 2 de março de 2018.

Sinot

Suspenso o lote 514165 dos medicamentos Sinot e Sinot Clav, fabricados em 07/2017, com vencimento em 07/2019. Algumas unidades do Sinot Clav (amoxicilina tri-hidratada + clavulanato de potássio) 70 mL podem ter sido embaladas como Sinot (amoxicilina tri-hidratada). A empresa fabricante Eurofarma Laboratórios S.A comunicou o recolhimento voluntário.

A decisão foi publicada na RE Nº 540, de 2 de março de 2018

Furosemida

O lote 20200417 do Furosemida foi suspenso por apresentar resultado insatisfatório na análise de rótulo. O medicamento é fabricado pela empresa Santisa Laboratório Farmacêutico S.A.

A decisão foi publicada na RE Nº 538, de 2 de março de 2018

DAS AGÊNCIAS

Publicidade


Deixe o seu comentário