Nos últimos anos o litoral do Paraná tem sido alvo estratégico de muitos políticos de outras regiões do estado. Porém o litoral só se torna alvo em período de eleição. 

São os famosos ‘candidatos de fora’ que conseguem grande número de votos fora de suas bases eleitorais. Os chamados “paraquedistas e oportunistas”, que após serem eleitos, não retornam ao município para trazer verbas e melhorias. 

O litoral do Paraná carece de deputados que vivam e tenham suas casas em ruas de nossa cidade.
A região está cansada das poucas visitas dos deputados turistas.

Precisamos de deputados onde seus filhos frequentem os mesmos lugares de lazer que nossos filhos frequentam. Que seus filhos estudem em colégios onde o meu e seu, estudam.
Pois somente dessa forma poderão enxergar nossas dificuldades, as nossas projeções e os nossos anseios. 
A região precisa definitivamente eleger alguém que conheça a nossa realidade e que a sua casa não seja distante do seu povo.

Chega ser uma vergonha para a região não ter um representante na Assembleia Legislativa do Paraná e  outro na Câmara dos Deputados. Esse quadro revela total desunião e falta de planejamento das forças representativas.

Será que nunca vamos cansar de receber esmolas?
Nunca vamos dar uma basta nesta situação?
Ser sempre o último da fila será o nosso legado?

Qual o motivo da falta de representatividade nessas esferas?
Estamos cercados de pessoas que fingem gostar de Paranaguá. Essas pessoas estão infiltradas em toda as áreas de nossa sociedade.

- Tem político local que disputa a eleição apenas para atrapalhar. Vemos isso em todas as eleições. Alguns, em sua boa parte, atolados em situações que os desqualificam para qualquer tipo de cargo público.

- Vemos também parte da imprensa que se vende para promover o turismo político na região. Esses são os ‘verdadeiros’ jornalistas trampolineiros que se intitulam porta-vozes de alguém.
Promovem a mentira com boa dose de maquiagem. Aquela mentira que sorri depois se prostituir e de receber o dinheirinho do seu programa. Enganadores que se juntam em redes sociais para ficar um elogiando o que o outro escreve. Um real e triste teatro de quinta categoria.

Chegamos ao ponto de dar o único time da cidade para um ‘deputado de fora’.
Vamos continuar assistindo a tudo isso calados? Quais serão nossas ações?
O Parnanguara precisa se unir para mudar efetivamente esse quadro.

Que no próximo ano possamos ter a felicidade de comemorar um projeto, que não prevê nomes e nem bandeira política, e sim, que visa conscientizar a população a preferir votar em um candidato local para termos representantes na Assembleia Legislativa do Paraná e Câmara dos Deputados do Brasil.

Que os paraquedas em 2018 não se abram e que o parnanguara possa finalmente contar pra todo mundo que tem um deputado que mora perto de sua casa.


Seme Said é diretor do portal Nosso Paraná
https://twitter.com/semesaid 


Publicidade


Deixe o seu comentário